Uber

Como funciona o auxílio financeiro da Uber

Conheça como funciona o auxílio financeiro da Uber. Se você é funcionário e está preocupado com o que o cenário atual pode trazer, confira esse post.

Tendo em vista os últimos acontecimentos referentes ao COVID-19, algumas empresas estão criando iniciativas fiscais. Dentro desse pacote, tem-se o auxílio financeiro da Uber, na tentativa de proteger seus funcionários.

Confira tudo sobre essa medida tomada pela empresa, como se inscrever e quais os dados necessários para documentação médica. Veja também quais as mudanças relacionadas a essa política de benefícios.

Quais as atualizações na política da empresa?

Ao longo do mês de abril, a empresa agilizou todo o processo relacionado ao benefício para os motoristas. Porém, os mesmos encontraram uma série de dificuldades e burocracias que terminaram por embargar esse sistema.

Dessa forma, a Uber realizou algumas modificações em suas políticas, na intenção de solucionar essas questões apresentadas. Confira logo abaixo quais foram essas duas táticas de ampliação.

1- Concentração do incentivo fiscal

O auxílio financeiro da Uber vai ser direcionado para os funcionários que ainda estão atuando durante a pandemia do coronavírus. Isso se enquadra a quem segue dirigindo ou fazendo entregas.

2- Expansão dos critérios para a qualificação

Os critérios exigidos para receber o benefício foram ampliados, de modo a atender os funcionários portadores de doenças. Nesse caso, são as chamadas comorbidades.

Para isso, é necessário que o indivíduo tenha recebido uma orientação médica. Assim, baseado no histórico do paciente, o profissional pode chegar a um parecer. Caso o funcionário corra maiores riscos em virtude da contaminação, o mesmo será beneficiado.

Como será ditado o esquema do auxílio financeiro da Uber?

No intuito de desenvolver um sistema que seja justo para todos, a Uber criou uma estratégia. O valor recebido por cada funcionário será referente a sua média semanal de ganhos, nos três últimos meses.

Desse modo, a contagem terá início a partir do momento em que o indivíduo solicitar o auxílio financeiro da Uber. Por isso, é importante que você permaneça atento a esse processo.

Veja mais também sobre:

Como se inscrever para ter direito ao auxílio financeiro da Uber?

O critério básico para ser qualificado, é apresentar um atestado médico. Nesse documento, é necessário que o profissional declare pelo menos uma dessas três coisas. Veja quais são cada uma delas.

  • O indivíduo foi orientado a praticar isolamento social por suspeita COVID-19;
  • O paciente foi diagnosticado com o vírus;
  • O funcionário foi aconselhado a permanecer em isolamento por apresentar-se no grupo de risco, ou seja, possuir comorbidades.

Como funciona o auxílio financeiro da Uber

Quais são os dados obrigatórios para todas as documentações médicas?

Ainda falando da necessidade de se obter um laudo de um especialista, o funcionário da empresa precisa de alguns comprovantes. Confira quais.

  • Data de emissão do atestado;
  • Quantidade exata de dias de isolamento recomendados;
  • Diagnóstico preciso;
  • Timbre do local;
  • Dados gerais da instituição, sendo eles, nome, telefone e endereço;
  • Identificação do profissional emissor do atestado. Necessário assinatura, carimbo e número do Conselho Regional de Medicina;
  • Registro dos fatos de maneira clara e legível.

Após a apresentação desses documentos, a empresa irá verificar sua autenticidade. Isso será feito com cada pedido de auxilio financeiro da Uber, antes de qualquer liberação do dinheiro.

Então, apesar de ser um grande volume de trabalho, esses passos se fazem necessários para proteção de ambas as partes. Mesmo assim, todo esse processo deverá ser feito em até 7 dias úteis. Por último, o funcionário receberá o benefício por até 14 dias.

Importante ressaltar que, como esse cenário é completamente novo, ele também e imprevisível. A empresa se manterá sempre atualizada e pronta para fazer quaisquer modificações nesse esquema, se houver necessidade.

Então, até o momento atual, essa nova política valerá até o dia 8 de maio desse ano. Em qualquer eventualidade futura, valores e datas também estão sob alerta de mudanças.

Por fim, a Uber está reavaliando os casos considerados indeferidos que foram feitos antes do dia 17 de abril. Isso para conferir se os mesmos não se adequam as novas políticas estabelecidas. Caso você esteja nessa classe, a empresa entrará em contato.

Deixe seu Comentário

Ao continuar navegando neste website você está aceitando a nossa Política de Privacidade, que explica como seus dados podem ser usados para melhorar sua experiência e como serão protegidos: Saiba Mais .
Ok, Entendi
Privacy settings ×